quinta-feira, 4 de março de 2010

Ode to my country*

 
*Ode ao meu País

Nós sempre teremos a nossa taça de vinho para curar a ausência querida, numa noite fria.
Temos cobertores também. Eles estão sempre quentinhos, ou na pior das hipóteses, gelados graças ao artifício do ar- condicionado.
Para quem tem mãe, sempre restará um beijo de ''boa noite''. Quem sabe do pai.
Teremos sempre a praticidade do mundo ocidental.
Teremos sempre o calor de Copacabana
O maracatu de Recife
O chimarrão do sul!
Teremos sempre essa benção que é morar no país das corrupções, mas também, do calor humano e da multi-cultura.
Teremos padroeira. Teremos Deus como ideal de vida e não de morte.
Ante a tudo isso, reflita e diga:
O que teríamos, se precisássemos conviver com cenas americanalhadas, como esta?
É por essas e outras que eu me orgulho de ser Brasileira!
E eu tô falando é de compaixão!

Dia 04/03. Dia mundial da vergonha Americana! Porque o ideal não se sobrepõe à vida!!
[e como dizem os baianos: Deus é mais!]

2 comentários:

Ковёр-самолёт disse...

Os EUA são o país mais covarde do mundo. Eles só atacam quem não tem a mínima chance contra eles, sem motivo algum, e o mais repugnante é isso, invadir, matar, destruir, mascarando tudo como ajuda humanitária, pela liberdade, no caso do Iraque, e pelo anti-terrorismo, no caso do Afeganistão, quando na verdade tudo não passa de interesses políticos e econômicos.
Eu também me orgulho de ser brasileiro e mais ainda de ser baiano. O nosso estado é o berço desta nação que a todo o mundo cativa com sua simpatia e alegria de ser. Temos defeitos, mas quem não tem? Acredito que no Brasil, tudo é possível, até mesmo um dia sermos uma nação igualitária e desenvolvida em todos os sentidos.
Kah, só me resta uma dúvida cruel: que saudações tricolores vc quis dizer? Azul, vermelho e branco da(o) Bahia, ou Verde, vermelho e branco, do Fluminense? ;P

Gugu Keller disse...

Pois é... Viva Iracema!