domingo, 25 de março de 2012

Como o mar...

Nem parece que foi ontem que o acontecido aconteceu
nem parece que o esperado num instante desapareceu
nem parece que foi lá
nem me parecia ser um lar
nem parece que o que aconteceu repercutiu demais pra mim
nem parece que minhas lágrimas tiveram fim
nem parece que eu chorei
nem parece que eu quis chorar

Um comentário:

phiL disse...

Vierbrunen querida, sua inteligência e sensibilidade pra escrever tornam seu blog uma passagem obrigatória. Adoro vir aqui, bem como adoro você!

Atualizei o meu também. Vai lá dar seu parecer técnico! rs

Beijo!