terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Muitas coisas: gostar de você!


Não quero obrigar o seu peito
A bater no ritmo do meu
Não quero fazer dos seus olhos
Escravos do meu bem querer!

Só quero que você me ame
Me odeie, em busca do meu ser
Aceite todos os deleites
Desse meu pedaço de dor

Não quero que você me espere
Vou demorar, até o trem chegar
Só quero que você me espere
Se um dia eu decidir voltar!

Tua boca é um pedaço de pecado
Por onde eu costumo errar
E se a essa sina meu amor foi condenado
Permita-me somente rezar!

Seja o primeiro a bater bem alto,
Bem fundo, somente dentro do meu ser
Não espere que eu deixe algum recado
Na sala, na mesa, ou mesmo no meu quarto!
Teu corpo já sabe que eu te desejo
Tua boca ja disse em segredo!
Teus olhos são o fiel retrato
Desse meu doce querer!

Me toque, não apenas, me olhe!
Me beija, rasga todo meu ser
Você vai ser o primeiro
por onde derramarei meu prazer

Confesse olhando nos meus olhos
Que você não me quer, somente por querer
Confesse antes que eu te beije,
e descubra sem mesmo você dizer!

Estou apaixonada por seu jeito
E eu não nego que o vinho me faz sonhar
Cabernet ou Carreteiro
É em você que eu quero tomar....

Nenhum comentário: