domingo, 7 de fevereiro de 2010

Como se declarar pra alguem em 20min!

 


Que explicação , quer a vida, pra entender o que acontece quando a gente não espera que nada esteja acontecendo? É justamente ao som de 'Pra você guardei o amor', que tento dar uma resposta a essa indagação!
É engraçada essa forma de viver novamente. Você está ai, paradinho da silva, e de repente...BUUUM! Tudo se transforma! Darwin já explicava  embora negasse  essa teoria.Você não está preparado pra chuva e de repente, mesmo com o ceu limpíssimo, nuvens carregadas se montam, e surpreendem você, sem guarda-chuva, casaco ou toalha [mas quem anda com toalha esperando chuva?].É complicado, não?
Assim é a vida, quando a mesma resolve fazer acontecer algo o qual você não planejava, sem razão, por quê ou significancia. Você simplesmente não estava esperando a visita e se vê obrigada a preparar canapés de urgencia! Tal qual, é quando alguem, surge em sua vida!
''Eu estava em paz, quando isso aconteceu.''
''Bah, como é estranho isso...''
''Isso é justamente o que vivo correndo pra longe!''
São muitos ''issos'' pra pouca explicação. Na verdade, buscar uma resposta dentro do convencional, só pra convencer meu ego de que não estamos agindo mal, por deixar que alguem entre, é bobagem, posto que razão pra sentimentos não existe! Não devemos entrar na logica dos amores que amamos ou sentimentos que dedicamos... Na natureza do amor, nada se cria...tudo acontece da forma mais improvável que puder acontecer!
É gente, é por ai mesmo!
E acredita que isso tudo assusta ate mesmo a moça aqui? Pois então, a garota do DOWN WITH LOVE [abaixo ao amor] aqui também tem sentimentos, e se rendeu de certa forma, ao arco iris chamado: apaixonar-se! Piegas, hein? Mas como diz um amigo meu, ''o amor, Vierbrunen, é piegas e pueril''. A graça, está justamente em não ter noção de nada, e perder o medo, fazer o coração bater forte, e involuntariamente, se render por onde só sai amor [embora isso não seja amor ainda]. Explicação pra isso, não existe! Não procurem no aurelio!
Cansei de ser a garota estóica e cheia de si mesma! As vezes é bom ser normal, ter medos e fragilidades. E sabe como descobri isso? Vendo que a vida é tão pouca coisa, que escondermos o que de melhor existe dentro da gente é pura insanidade! Há pouquissimo tempo para se viver o que verdadeiramente importa! Ninguem no leito de morte, se arrepende por nao ter aberto filial em Nova Iorque, mas sim, da arvore que não plantou, do ''amorzinho'' no meio do expediente que não fez, da viagem que não planejou, do beijo que não deu, do beijo que deu também, da não ida ao estádio pra gritar 'É campeão', [isso é, se o time ajudar!] e principalmente do amor que não viveu!
Tudo acontece tão ligeiro! Ontem eu tinha 15 anos, era magra e bonita. Agora, tenho 22 até o dia 20/05 e continuo bonita, mas não sei até quando terei a oportunidade de dizer que amo as pessoas que conheço, que adoro comer pastel de forno de frango, que amo meu FLU e que amo MAIS AINDA, ao Deus incrivel que me deixou vir brincar nesse parquinho chamado terra!
E ainda embevecida desse sentimento louco que me domou hoje o dia inteirinho, respondo ao questionamento que comecei lá em cima, com a afirmação: Gosto de você ! Eu nem sei exatamente por que, ou até quando! O que sei, é que hoje, exatamente HOJE, eu percebi isso!
Não é um contrato! Não é uma obrigação de ser nada! É apenas uma ponte...
É uma sensação doida, estranha, mas boa!


Eu pensei que fosse morrer de vergonha depois!
que iria apagar,
que iria blasfemar!
Mas que bom que aprendi
que não é feio ter sentimento!
Vamo Fluzão!
Vem tbm, darling!

Um comentário:

marcus vinicius disse...

Linda,depois d tanto tempo,resolveu amar foiiii? Hmmmmm isso e bom viu? Adoro voce!