terça-feira, 22 de dezembro de 2009

A incrível saga de um coração

Dói, e só é dor porque em pouca coisa não é amor
Porque a matéria de amar é complicada,Implica riscos
E sugere poucos acertos



É subliminarmente propensa a erros
É bonita,
É doce
E só tem graça porque é vivida por seres que em pouca coisa se completam, mas sem eles, haveria pouco a falar...



Do que viveria o poeta?
De que iriamos morrer?
A ilusão de amar carece impreterivelmente de uma saga
Pro coração percorrer
Em busca de um ser, irrealizável
Mas que em toda a vida, será indispensável!

Um comentário:

F/X disse...

A busca é mais indispensável que o "ser" (a ser encontrado). Quando a busca cessa, cessam todas as chances.